Medo: Aliado ou Vilão?

Geralmente quando a gente pensa no medo o vemos como um possível inimigo das nossa realizações, mas será que é mesmo?

O medo é um sentimento relacionado ao nosso instinto de proteção, ele existe para tentar nos proteger de algo, e essa parece uma missão bem amigável…

Porém, muitas vezes o medo termina também sendo um freio às nossas realizações. Tem vezes que o medo é tão grande que nos paralisamos ou desistimos de situações e circunstâncias por receio do que pode vir a acontecer…

Mas o que pode acontecer não necessariamente é só algo ruim… Quando só o medo toma nossas decisões podemos até evitar uma possível frustração e dor, mas também nos retiramos a possibilidade de que aquilo que queremos e desejamos aconteça.

O medo, no entanto, pode nos auxiliar a ser mais cuidadosos nas nossas decisões, olhá-las mais atentamente, analisar os riscos… e isso pode ser muito bom, desde que a ausência de medo não seja o único parâmetro para as boas escolhas.

Afinal, muitas das decisões mais importantes e transformadoras que tomamos são acompanhadas do sentimento de medo.

E talvez o importante seja justamente como a gente equilibra o medo e a ousadia, como a gente utiliza o medo como aliado e não permite que ele seja o único que decide por nós.

Que mesmo com medo a gente possa ser autoras e autores de nossas próprias decisões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s